Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GRAMOFONE

às voltas com os discos às voltas.

GRAMOFONE

às voltas com os discos às voltas.

Russian Circles prosseguem bem orientados.

O sexto disco da carreira do trio de Chicago surge no final desta semana, sob o título Guidance.

Trata-se de mais um ensaio de post-rock, com a qualidade habitual da banda, balizado entre os devaneios sónicos e as contemplações ambientais.

_.jpg

Em Guidance, Mike Sullivan, Dave Turncrantz, e Brian Cook oferecem-nos 7 novas músicas, gravadas nos God City Studios do produtor Kurt Ballou, que têm vindo a ser desvendadas a pouco e pouco desde Maio.

 

Para Christian Löffler há Mare e voltar.

O segundo disco do músico germânico dará à costa no início de Outubro, tendo sido baptizado Mare.

Ao invés do primeiro álbum mais ocupado por samples, Christian Löffler optou por trabalhar com sons mais orgânicos, tendo por exemplo captado todos os sons ao longo das sessões que geraram Mare, desde passos ao clicar dos botões.

_.jpg

 

Christian Löffler estreia-se também a cantar neste trabalho, além das vocalizações de Mohna que já tinha participado em A Forest.

 

 

Mais carícias de How To Dress Well.

Chama-se Care, sai em meados de Setembro, e vale como o álbum número quatro da aventura musical de Tom Krell. 

Produzido por Jack Antonoff, Kara-Lis Coverdale, Dre Skull, e CFCF, as gravações das 11 novas faixas repartiram-se por entre Chicago, Los Angeles, e Nova Iorque.

_.jpg

 O autor considera este trabalho mais alegre e extrovertido que os antecessores.

 

Regina Spektor não quer cair no esquecimento.

É bem no final de Setembro que a compositora regressa aos discos com a edição de Remember Us To Life, o seu primeiro trabalho de estúdio em quatro anos.

Este sétimo disco de Regina foi gravado nos The Village Studios, em Los Angeles, e conta com produção de Leo Abrahams (que trabalha regularmente com David Byrne/Brian Eno, Frightened Rabbit ou Paolo Nutini).

_.jpg

Bleeding Heart é o primeiro avanço do novo disco e aponta para o mesmo caminho dos seus últimos trabalhos, com maiores pinceladas de pop. A edição deluxe conterá 3 faixas extra.

 

As cabecinhas pensadoras de Warpaint.

A banda de Los Angeles regressa aos discos em Setembro através de Heads Up, o seu terceiro trabalho de estúdio.

As Warpaint revelam que o processo de criação decorreu calmamente, com todos os detalhes a serem estudados minuciosamente por todos os membros da banda, facto que serviu certamente para reforçar a união após um ano de 2015 repleto de aventuras a solo e outros demais projectos.

_.jpg

 A abertura a novas ideias foi maior que nunca, comentou a baterista Stella Mozgawa, algo que rapidamente se percebe na primeira amostra New Song.