Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GRAMOFONE

às voltas com os discos às voltas.

GRAMOFONE

às voltas com os discos às voltas.

Cristina Branco revela sexo do disco.

O novo disco é Menina e verá a luz em Setembro, no qual a cantora se propôs a trabalhar com a nova vaga de compositores nacionais.

Cristina Branco alarga assim as coordenadas da sua música, embora mantenha sempre um pé no fado, quer pela abordagem, quer por incluir sempre temas desse universo.

_.jpg

Dada a perspectiva adoptada para o disco, o rol de convidados é extenso. Desde André Henriques (Linda Martini), Filho da Mãe, Cachupa Psicadélica, passando por Peixe, Nuno Prata, Ana Bacalhau, Kalaf, Jorge Cruz, Luís Severo até Mário Laginha ou António Lobo Antunes.

 

Blood Orange liberta mais som.

Dev Hynes não aguentou mais a ansiedade e acabou por publicar o seu terceiro disco antes da data programada.

Freetown Sound, atenciosamente produzido na íntegra por Hynes, é a sua encarnação de Beastie Boys, contando sempre com muitos convidados, entre os quais alguns de renome como Debbie Harry, Nelly Furtado.

_.jpg

O título do novo álbum de Blood Orange vale como tributo à capital da Serra Leoa, onde o pai de Dev Hynes nasceu, e aborda temas como a imigração, a masculinidade negra ou a Cristandade. 

 

A anatomia da colaboração Fudge.

Mais um projecto colaborativo que é descortinado este ano, desta feita entre Prefuse 73 e Michael Christmas, resultando numa entidade denominada Fudge.

O fruto deste duo entre o projecto de Guillermo Scott Herren e o MC de Boston são 15 temas, reunidos no disco Lady Parts, que tem edição marcada para os primeiros dias de Setembro pela Lex Records.

_.jpg

Os temas foram elaborados durante o Verão e Outono de 2015, em sessões no estúdio Green Point, e entre os convidados contam-se o rapper D.R.A.M. e Alex Mali, que vocaliza o refrão do single agora avançado.